Papagaio Paulistano

O projeto reúne um conjunto de projetos já desenvolvidos pelo Instituto Pró-Diversidade englobando todas as nossas ações voltadas ao meio ambiente.

Nosso objetivo é atuar em áreas degradadas aplicando um novo conceito de Floresta Urbana, o restabelecimento da relação entre o homem e o meio natural, garantindo melhor qualidade de vida.

Dentre as várias frentes de trabalho deste projeto apresentamos as seguintes que já estão em execução:



Educação Ambiental:


Nossas ações consistem na aplicação de dinâmicas, oficinas, palestras, visitas supervisionadas e outras vivências em que os participantes tenham uma atividade de formação e de transformação, ou seja, utilizando sempre o elemento lúdico e atividades práticas e interativas atendemos crianças, jovens, adultos e terceira idade.

Nós também desenvolvemos projetos personalizados para o setor publico e privado. Trabalhamos com boas práticas sustentáveis, resíduos sólidos (reciclagem, reúso e redução), consumo consciente e qualidade de vida.





Floresta Urbana:


O conceito no Brasil é relativamente recente, pois para muitos de nossos antepassados a vegetação urbana cumpria apenas uma função paisagística e não sua função de sustentabilidade.

Assim nosso projetos visam a recuperação de áreas degradadas, adensamento de flora, criação de corredores verdes, gestão de recursos hídricos, estudo de impacto ambiental, adequação de fauna e flora, floresta suspensa, permacultura, hortas comunitárias, jardins verticais, recuperação de solos, readequação da paisagem urbana.

Atuamos com vários tipos de ambiente, desde áreas preservadas, parques, praças, bosques, vias publicas, jardins e outras importantes áreas como áreas confinadas, impermeabilizadas ou alternativas.

Nosso foco é garantir a biodiversidade a partir de espécies nativas e exóticas ambientalizadas.


Caixas-Ninho Pró-Diversidade:


Como é do conhecimento geral, algumas aves fazem ninhos em cavidades de árvores (nós e buracos), porém os métodos atuais de arborização, até por questões de segurança, levam a que existam cada vez menos árvores antigas com cavidades desta natureza, casas e viadutos, e nas construções correm risco aves e habitantes.



O que são Caixas-Ninho?

São uma alternativa à cavidades naturais, já utilizada há muito tempo em países de alto desenvolvimento urbano que consiste em uma caixa construída de acordo com especificações técnicas precisas para atender determinadas espécies de aves que não encontram abrigo e nem locais adequados para procriarem em quantidade suficiente. Várias espécies de psitacídeos (papagaios, maritacas, periquitos e tuins) não hesitam em ocupá-las no período de nidificação. Pica-paus, corujas entre outros também se adaptam a ninhos artificiais com certa facilidade. Além disso, servem de abrigo em momentos mais desfavoráveis, durante a noite, em dias de chuva intensa ou frio. São uma boa maneira de proteger e preservar estas espécies que convivem conosco compondo o ecossistema urbano.

O que propomos?

As Caixas-Ninho Pró-Diversidade fornecem um lugar seguro e confortável para as aves, desenvolvidas de acordo com modelos adequados, feitas de madeiras reaproveitadas contribuindo para redução dos resíduos sólidos da cidade. São projetadas de acordo as características ecológicas das espécies, variando assim a sua forma, estrutura, dimensões bem como o manejo e instalação. Assim devemos entender que as caixas-ninho não são objetos de decoração, mas sim elementos funcionais e importantes para acolher adequadamente as aves no espaço urbano.




Nenhum comentário:

Postar um comentário